O que foi que fizeram com você?

Published May 16, 2021

Rumble Repentinamente mudaram a nossa rotina, resolveram que não poderíamos mais fazer coisas, que antes era até, bastante trivial.

Por algum motivo, isso tudo acabou por ser útil, vimos homens que cavaram covas, com o objetivo de implantar o medo, de forma irreversível em nossos cérebros.

Atitude mórbida é verdade, mas levemos em conta que foi imposta a muitos por duas pessoas, que podemos dizer, hoje, analiticamente, não passavam de pessoas, que em situações normais, não poderiam ocupar os postos que ocuparam.
Um é o tal Dória, vejam, o nível de desequilíbrio do indivíduo, a ponto de utilizar-se de um moribundo de câncer, para impingir o medo de forma abusiva em grande parte da população, e apoiada por membros da grande mídia, que são pessoas, que não sabem quem são, nem de onde vieram, e muito menos, poderiam saber para onde vão.

Uma das cantilenas, foi a tal do "Fique em casa".
Colocando na mente das pessoas, que se escondessem de algo que ninguém sabia exatamente do que se escondiam, e claro, hoje, praticamente já está provado que primeiro, o vírus não mata o que eles pretendiam que matasse, e além disso, o que mais causou a morte, foi justamente o medo inculcado, da polícia, do vírus, e mesmo da ideia de que se saíssem de casa, poderiam infectar alguém, e dessa forma, ver-se como co-responsável pelo que acontecesse ao outro.

Todos ignoraram que por trás de uma ideia tão insignificante, e até mesmo que parecia inócua, os interessados, te analisaram e perceberam, que sim, poderiam mandar em você.

Você não percebeu, mas fez parte de um grande experimento.
Queriam saber até quando você obedeceria, e como você poderia ser controlado.
Isso tudo não era difícil, uma vez que utilizando-se do medo, você não sairia de casa de jeito algum, a não ser em caso de extrema necessidade. Afinal, leve-se em conta a infinidade de informações via televisão, rádio, jornal e programas de televisão, e entrevistas que te fizeram incapaz de questionar o que se apresentava para ti naquele momento.

Tudo isso, visava a implantação de uma nova visão de sociedade, onde você seria transformado no famoso e tão propalado gado para o abate, ou massa de manobra, como queira.

Uns foram colocados contra os outros, incutindo na mente de cada um, que: "eu cuido de você, ao usar máscara e me trancar dentro de casa, e você, portanto, seguindo a linha mestra de pensamento, cuidaria de mim, ao utilizar máscara e ficar também isolado."

Não preciso mais dizer que isso era uma mentira, afinal de contas, hoje, já sabemos que a letalidade do vírus, não chega aos 2%. E que, se tivéssemos tomados os cuidados necessários e que estavam ao nosso alcance, teríamos tido muito menos resultados negativos do que tivemos.

Mas, é claro que uns se voltaram contra os outros, aquele que trabalhava foi entregue às autoridades, sob a desculpa de que um estava se descuidando e que portanto teria que ser entregue. Enquanto isso, as festinhas corriam soltas, afinal de contas, você é que não podia sair e nem fazer nada, mas aquele que saia e que fazia, assim procedia, porque imaginava estar certo e que de sua forma, tudo transcorria adequado.

Tivemos um monte de gente, que se travestiram de policiais em uma sociedade policialesca, aos moldes dos dedo-duros de regimes comunistas.
E o objetivo disso tudo, era apenas, primeiro te mostrar o quanto você também é, ou pode ser sujo, a ponto de entregar até mesmo a quem te ajuda, ou a quem você gosta, em troca de uma suposta tentativa de aplacar a consciência.
Além disso, outro interesse dos criadores de toda essa situação genocida,
estava tão somente centrada, em impedir que você desenvolvesse o teu sistema imunológico, através do sol que é um dos teus maiores aliados, e claro, impedir que você desenvolvesse um sistema capaz de reagir aos inúmeros problemas que poderão vir a te afetar de ora em diante.

O teu sistema imunológico foi, no mínimo reduzido a níveis baixíssimos, por falta de sol, por causa do medo, e especialmente, por falta do contato com as demais pessoas, que justamente, nesse contato, te propicia a criação de anti-corpos, para as bactérias e vírus que o outro carrega consigo.

Fosse somente isso, e já seria demais, no entanto, vemos também que, muitos quebraram financeiramente. Muitos não comeram, e aprenderam a conviver com a fome, com a sede, com o frio, com a falta abusiva de tudo, e mais especialmente, com a falta do calor humano, que em outros tempos, seria um pouco mais abundante.

O dinheiro trocou de mãos, alguns pobres, simplesmente deixaram de ser contados, porque atravessaram a linha da extrema pobreza, enquanto outros, por meios, até ilícitos, galgaram alguns degraus em outro pavimento, e pensam estar livres.
Pobre idiota, não sabe que sua hora vai chegar, porque os que criaram esse pandemônio, não permitirão que outro ocupe aquele espaço que eles pretendem vazio.

Faz-se necessária a criação de um "Novo Normal", com moeda única, governo único e povo dócil preparado para o abatedouro.
E esse preparo para o abatedouro, também está atrelado à criação dessa nova vacina que aparece, poucos meses após o início de todo o caos.
E nisso, ninguém, ousará fazer frente à implantação da Agenda que vem sendo inculcada a golpes pela mídia e pelas diversas organizações ditas sociais em funcionamento mundo afora.
E nisso eles foram brilhantes, anularam a tua personalidade, porque ao admitir a máscara, parte de tua personalidade está enrustida, você não tem o traquejo para usar máscara, e muito menos para entender como funciona a mentalidade daquele que também está usando.
Teus sentimentos humanos, estão praticamente neutralizados, afinal de contas, você já nem consegue mais discernir entre o que é essencial e quem é essencial. Não percebes tu imbecil, que essencial é o que provê o alimento de alguém. Assim, o papelão sujo de uma lixeira, é essencial para aquele que o cata e o vende, a fim de alimentar seus filhinhos.

Cumprimentos? Só com soquinhos e com os cotovelos, além dos inovadores que criaram o cumprimento com o bater das canelas, ou seja, o animal que foram um dia, finalmente, está tomando conta de cada ser.
Não se pega nas mãos de ninguém. Claro é no entanto, que o dinheiro que sai de uma mão e passa para outra, esse, vale a pena dar a continuidade. E ninguém percebe o absurdo da situação.

O teu medo, te transformou no teu maior inimigo. Por conta desse medo, você já não luta nem mesmo por teus direitos.
De certa forma, já te tiraram todos os direitos, quase da mesma forma, como se estivessem te arrancando os dentes.
Bem, mas que importa isso, não é? Afinal de contas, te tiraram os dentes, mas te deram umas dentaduras.
Fecharam tuas lojas, soldaram as portas dos teus estabelecimentos comerciais, te tiraram tudo o que você tinha, e você, apenas chorou.
Fecharam a igreja, que não era tua e nem de ninguém, mas do teu Deus, e você apenas concordou. E a máscara que você usou para isso, foi a de que eles estavam fazendo isso pelo bem estar de todos.
Ignorou você, que Jesus, o Cristo de Nazaré, também era impedido pela sociedade de ter contato com os leprosos, mas não deixou de fazer isso. Enquanto isso, você fechou a igreja que você administra.
Sinto muito, você não é mais inteligente que Jesus, apenas, tão frouxo que foi incapaz de lutar para defender o que te foi dado para administrar, na qualidade de despenseiro.

"Quem é, pois, o servo fiel e prudente, a quem o senhor confiou os seus conservos para dar-lhes o sustento a seu tempo?" (Mt 24:45)

Está sobrando a você, ser escravo.
Te disseram que não poderia trabalhar e você aceitou;
Que não poderia ir e vir, e você aceitou;
Que você só poderia comprar, vender, ou mesmo usufruir, do que fosse essencial, e nisso também você concordou;
Religião? Mas para quê, afinal teu líder, te diz o que é melhor para você, inclusive, como você pode exercer o que te resta de teus direitos;
E graças à tua docilidade, ou à tua falta de caráter, a implantação de um regime ditatorial, vai muito bem, obrigado.
Parabéns, você colaborou direitinho, era exatamente esse o papel que esperavam que você desempenhasse.
E não se preocupe mais, inúmeros já foram à cova, e justamente, porque você se calou, até na escolha dos remédios, porque na tua ignorância, preferiu acreditar em jornalistas e em falsos médicos, do que em médicos de fato.
Para você, os médicos de fato, não passavam de negacionistas, e os números de sucesso, por eles propalado, para ti não representaram nada, porque o jornalista de tua preferência, te dizia que aquele médico era mentiroso.

(ap. Ely Silmar Vidal - Teólogo: COJAE 0001-12-PF-BR; Psicanalista: CONIPSI CIP: 0001-12-PF-BR; Jornalista: DRT-0009597/PR e presidente do CIEP - Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333
(41) 99109-8374
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 15052021 - O que foi que fizeram com você? - (imagens da internet)

Aproveito para deixar claro que os trabalhos que tenho desenvolvido, são de pura e simplesmente divulgação do que acho interessante para conhecimento geral, e não busco ganho algum com isto, senão o de transmitir conhecimento.

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se a mensagem foi útil, e acha que pode ser útil a mais alguém, divulgue:
(ao replicar, preserve a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

E siga-nos também através deste link: https://odysee.com/@iess:5/O-que-foi-que-fizeram-com-voc%C3%AA:a

[category politica,pensamentos-e-reflexoes]

@elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip @CiepClube
#FalaPortaldaRadio #conipsi #cojae #dojae